Sexta-feira, 26 de Junho de 2009

PAINTBALL

 

Descrição
PAINTBALL
         O paintball é um desporto de aventura que consiste na competição entre duas ou mais equipas. Este desporto baseia-se em atingir o maior número de elementos de uma equipa adversária, através de carregadores de bolas de tinta, de maneira a eliminá-los.
            Para praticar este desporto, é necessário ter máscara de protecção, marcador (arma), cilindro de gás, bolas de tinta e, se não quiser utilizar a roupa própria deste desporto, é recomendável usar uma roupa grossa e um calçado confortável.
Antes da iniciação do jogo é recomendável fazer um aquecimento, visto que este jogo pode ser cansativo.
No paintball as equipas são constituídas por 10 elementos no mínimo, e uma das equipas tem de usar fatos ou braçadeiras de cores para que se consigam distinguir dos elementos da equipa adversária. Neste desporto a presença dos monitores é muito importante, porque são estes que explicam e verificam se os jogadores cumprem as regras de segurança e também são eles que observam quando os jogadores são atingidos, confirmando a sua eliminação para que haja fairplay[1].
O paintball é um desporto muito divertido, e é um jogo muito bom para aliviar o stress.


[1] Lealdade, honestidade, aceitação das regras, o respeito pelos outros e por si próprio, igualdade de oportunidades
 
 
Equipamento para a prática de Paintball
 
  • Arma de paintball – TIPPMAN98 é uma das melhores armas para praticar paintball em campos, porque é uma arma rápida, resistente e adequada para este jogo;
  • Máscara – a máscara é muito importante no jogo de paintball, porque serve para proteger o rosto. A V-force Armor é um exemplo de máscara que protege todo o rosto do jogador, fazendo com que este não se lesione, visto que as balas (bolas de tinta) atingem velocidades altas e podem magoar se o jogador não estiver equipado.
 
  • Colete de protecção – uma mais-valia para todos os jogador, porque o colete serve para proteger o peito do jogador;
 
  •  Luvas – protegem as mãos do jogador e evitam que a arma escorregue;

 

  • Bolas – são as munições da arma. Essas bolas têm tinta que serve para marcar o jogador adversário num jogo, sempre que ele seja atingido (eliminado). Essas bolas são fabricadas no Canadá e são feitas de gelatina e tinta, além disso, são bio-degradáveis e não são tóxicas.
 
  • Carregador – o carregador tem capacidade para 200 bolas de tinta, sendo, por isso, indispensável no paintball, para que o jogador fique sem munições.
 
  • Fatos – são camufladas de cores diferentes, e servem para distinguir uma equipa adversária. As equipas terão de usar esses fatos para que se consiga distinguir uma equipa da outra.

 

 

 

 

 

PUBLICADO POR

Diogo Tavares às 11:20
|

COMENTAR

| Ver comentários (2)

PASSEIOS PEDESTRES

 

Descrição
PASSEIOS PEDESTRES
            Os passeios pedestres são uma actividade natural, porque utiliza-se a marcha como um meio de deslocação, e não necessita de materiais específicos. Esta actividade é realizada em plena natureza, utilizando espaços como trilhos, montanhas, entre outros.
            Esta actividade enquadra-se entre o desporto e o turismo. As zonas onde se praticam os passeios pedestres dão uma oportunidade aos praticantes de apreciar a especialidade da fauna, da flora e de vários seres vivos.
            Normalmente, esta actividade é praticada por interesse paisagístico, histórico, cultural, científico, permitindo também a prática de outras actividades, tais como fotografia, pintura e desenho. Também, muitas vezes, esta actividade é desenvolvida por interesse desportivo, porque os amantes dos desportos de aventura usam esta técnica com objectivo de encontrar lugares onde poderão desenvolver este tipo de desportos, tais como Slide, Rapel, a Escalada entre outros.
            Durante os passeios pedestres, os praticantes poderão fazer intervalos e jogos de orientação ou tradicionais, para que possam divertir-se e desfrutar do meio ambiente.
            Os passeios pedestres têm como principal objectivo fazer com que os praticantes estejam em pleno contacto com a natureza e que desfrutam dela.
 
Equipamento
 
            Este desporto não necessita de equipamento específico. O único equipamento necessário para a prática dos passeios pedestres são roupa, calçado e mochila. Este equipamento deve ser adequado ao tipo de actividade e à época do ano.
            Para a realização desta actividade, deve usar-se roupa confortável, leve, que proteja do frio, do vento e da humidade e que permita a saída da transpiração.
            De Inverno não é aconselhável usar roupa de algodão, porque absorve o suor e a roupa fica molhada. É conveniente usar roupa interior transpirável, de fibras sintéticas ou de outro material que não absorva a humidade. Também em dias de chuva os casacos mais aconselháveis são de gore-tex, porque são impermeáveis, leves e transpiráveis ainda poderão usar calças em material de neoprene. Para esta época de ano o praticante poderá usar luvas, gorro e orelheiras.
            No Verão, o vestuário é muito mais simples, basta usar roupas leves, frescas, e de cores claras, mas é aconselhável levar umas calças para evitar arranhões provocados por silvas, urtigas, etc. Nesta época também é aconselhável usar boné e óculos escuros para se protegerem da forte luminosidade do sol, e protector solar, uma vez que estão muito tempo expostos ao sol.
            Sendo este desporto praticado em marcha, a escolha do calçado é muito importante. Deve usar-se sapatilhas desportivas ou botas de trekking.
            A mochila é um equipamento muito essencial, porque serve para transportar alimentos e equipamentos.
            Um bastão também é muito essencial nos passeios pedestres, porque serve como um ponto de apoio ao praticante.
 
 
 
 
 
 
 

PUBLICADO POR

Diogo Tavares às 11:17
|

COMENTAR

RAPEL

 

RAPEL
O rapel é um desporto radical que consiste na execução de uma descida na vertical com o auxílio de cordas, em paredes especialmente desenvolvidas para o efeito, cascatas, zonas rochosas (cenários naturais), prédios, entre outros. Este desporto está inserido no grupo de montanhismo, ou seja, foi criado com base na técnica de montanhismo.
Para se praticar este desporto deve haver alguém especializado (monitor) que acompanhe a actividade. Para isso deve conhecer bem o desporto de rapel, os métodos de segurança, o equipamento e o sítio onde irá ser praticado. Isto é antes de se iniciar a prática de rapel, o monitor deve verificar se o equipamento a ser utilizado está em boas condições, deve explicar as regras de segurança e deve dar indicações como este desporto deve ser praticado.
A técnica de rapel é usada em várias actividades, nomeadamente em espeleologia[1], canyoning, escalada, montanhismo, resgates e operações militares.
Além de ser praticado como desporto, ou por diversão o rapel também é praticado como um meio de trabalho. É utilizado por espeleólogos para a exploração de grutas, pelos serviços militares e pelas forças armadas em casos de resgates.


[1] Parte da geologia que se dedica ao estudo e exploração das cavidades naturais, tais como, formação de grutas e cavernas.
 
 
 
 
Equipamentos para a prática de Rapel
 
  • Arnês – é um conjunto de fitas que passam à volta da cintura e das pernas do praticante de rapel, ligando-o à corda através do mosquetão e do descensor. As fitas normalmente são feitas de tiras de nylon porque é um tecido muito resistente.
O arnês também serve para o praticante de rapel sentir-se confortável enquanto está pendurando.
  • Freio Oito – este equipamento é feito de titânio, e tem um formato de um oito. A corda utilizada no rapel passa por este equipamento, causando atrito (fricção entre 2 objectos). Deste modo, contribui para a diminuição da velocidade da descida do praticante e consequentemente para o controlo da própria descida.
  • Capacete – este equipamento é indispensável neste desporto, pois serve para proteger a cabeça do praticante em caso de queda ou mesmo no caso de cair pedras sobre este.
  • Luvas – servem para proteger as mãos do praticante de rapel durante a descida, evitando que este sofra alguns ferimentos nas mãos, e também servem para facilitar a descida do praticante, evitando que ele escorregue.
 
  • Fitas de Sangle – serve para prender a corda a uma árvore ou a outros pontos onde se pode realizar a actividade. A fita de sangle é muito resistente e também tem como função proteger a corda contra desgastes.
  • Mosquetão – é o elemento que liga o freio oito ao arnês e também serve para prender as cordas aos pontos de fixação (árvores, rochas). Normalmente, este equipamento é feito com um dos metais mais resistentes, titânio, mas também existe mosquetões de aço e alumínio.
  • Corda semi-estáticas – este equipamento é indispensável no rapel, uma vez que é pela corda que o praticante sobe e desce. Além disso, é o equipamento que sofre mais desgaste (todo o equipamento de descida sofre para esse desgaste).
A corda tem capacidade de suportar pesos acima de uma tonelada, dependendo do seu diâmetro e o tamanho da corda varia do local onde vai ser realizado o rapel.
 
  • Roldana – é utilizada para o praticante se movimentar na corda. Também serve para eliminar o atrito da corda com outras peças e para esticar a corda.

 

  • Plaquetes – serve para colocar em determinados pontos onde se irá realizar a actividade, por exemplo numa rocha. Este equipamento é aparafusado num ponto fixo para realizar-se o rapel.
 
·     Roupa prática e confortável – serve para ajudar o indivíduo na sua movimentação durante a realização deste desporto e para este sentir-se confortável durante a actividade.
 
 
 
 
 
 
 
 
 

PUBLICADO POR

Diogo Tavares às 11:13
|

COMENTAR

MOTO 4

 

Descrição
MOTO 4
 
 Este desporto surgiu para satisfazer o desejo de evasão e de libertação do stress do dia-a-dia, usando a moto 4 como meio de transporte. Através desta actividade, o participante vive momentos de adrenalina e diversão numa ambiente único e numa paisagem deslumbrante.
 O termo moto 4 é designado para definir um pequeno veículo motorizado aberto com quatro rodas. A moto 4 movimenta-se sobre pneus de baixa pressão, com um assento destinado ao guiador para controlar a direcção. Este veículo é destinado a um único guiador, mas existem modelos para duas pessoas.
 O objectivo deste desporto é oferecer aos praticantes um contacto directo com a natureza, respeitando-a, não esquecendo que a especificidade dos meios motorizados obriga os participantes a terem cuidados acrescidos.
 
Material a utilizar nesta actividade
v     moto 4;
v     capacetes;
v     roupa confortável;
v     joelheiras;
v     cotoveleiras.
 
 
 
 

PUBLICADO POR

Diogo Tavares às 10:52
|

COMENTAR

CANYONING

 

Descrição 
CANYONING
         Este desporto consiste na descida de cursos de água, na exploração progressiva de ribeiras, rios, entre outros, transpondo obstáculos verticais. Na prática deste desporto pode-se utilizar a técnica de rapel.
            O canyoning é um desporto que engloba várias actividades, tais como, manobras de cordas (rapel), marcha, natação, escalada e saltos para as águas cristalinas. Esta actividade utiliza equipamentos extremamente seguros. Através da prática deste desporto, os praticantes usufruem do contacto pleno com a natureza, o que faz com que estes se sintam livres e com uma sensação inexplicável.
            Assim, neste desporto podemos encontrar uma simbiose entre a natureza, a aventura e a satisfação das águas cristalinas.
            Embora este desporto seja seguro, podemos encontrar alguns perigos que resultam essencialmente da dificuldade de evacuação e do risco de entorses e quedas pelo facto de o terreno ser escorregadio e irregular. Em actividades mais longas e mais difíceis os perigos estão mais relacionados com a fadiga e a hipotermia.
            Em Portugal este desporto está a crescer rapidamente, visto que, este país apresenta diversos rios e ribeiras, o que proporciona a prática do canyoning.
 
 
Equipamentos
 
         Equipamentos que os praticantes devem ter para a realização da actividade:
v calçado para molhar;
v fato de banho;
v toalha;
v roupa e calçado para depois da actividade.
 
 
 
                Equipamento que cada participante deve utilizar:
 
Capacete – este equipamento é fundamental para esta actividade, porque protege a cabeça de pedras que possam cair, de choque contra as rochas, de quedas e de objectos, como troncos, que muitas vezes são arrastados pela água;
 
Fato neopreno – este equipamento é muito útil para a actividade, principalmente para quem não sabe nadar, porque este fato tem a função de impedir que os praticantes se afundem;
 
Meias neopreno – servem para impedir que as meias interiores não se molhem;
 
Arnês – serve para que o praticante de canyoning se sinta confortável enquanto estiver pendurado, ou seja, a fazer rapel;
 
Mosquetão – este equipamento serve para ligar o freio oito ao arnês, e também para ligar a fita de auto-segurança à corda;
 
Descensor – serve para controlar a descida do praticante e também contribui para diminuir a velocidade da descida;
 
Fita de auto-segurança – serve para dar segurança ao praticante durante a sua descida, ou seja, o praticante está ligado à corda através da fita de auto-segurança, e se escorregar não cai.
 
 
  
                Equipamento que o monitor deve ter durante a actividade
v Capacete;
v Fato neopreno;
v Meias neopreno;
v Arnês;
v Mosquetão;
v Descensor;
v Fita de auto-segurança;
v Mochila (cordas de trabalho, corda de socorro, bidão estanque e águas);
v Bidão estanque (caixa de primeiros socorros, reforço alimentar, como barras energéticas, manta de sobrevivência, isqueiro e canivete).
 
                Equipamento colectivo para a utilização de todos os participantes
Cordas – este equipamento é indispensável no canyoning, porque nesta actividade pratica-se rapel, as cordas são essenciais para que os participantes possam descer;
Protecção das cordas – serve para proteger a corda de desgastes.
 
 
 
 
 
 
 
 
           

PUBLICADO POR

Diogo Tavares às 10:41
|

COMENTAR

Quinta-feira, 25 de Junho de 2009

ESCALADA

Definição 

ESCALADA

A escalada é um desporto que consiste num desafio de subida em rocha natural, em que os participantes têm de usar a coordenação de movimentos, força e flexibilidade, permitindo superar grandes aventuras moldadas pela natureza, e oferecendo aos participantes a liberdade de decisão da direcção do percurso a seguir, numa constante conjugação de movimentos.
É uma actividade que se pode considerar dispendiosa, porque implica muito esforço, concentração, capacidade de resistência, controlo mental e corporal, bem como alguns conhecimentos.
O objectivo geral da escalada é o interesse de alcançar o topo, as superfícies verticais, em rocha, gelo, paredes artificiais construídas propriamente para a prática deste desporto.     
A escalada desportiva é uma prática que utiliza as técnicas e movimentos do montanhismo. Através da prática deste desporto, os praticantes vivem um momento inesquecível e de adrenalina, e esquecem o stress do dia-a-dia.
 
Equipamentos
 
Sapatilhas (pés de gato) – são sapatilhas que ficam ajustados e firmes nos pés. São compradas normalmente dois números abaixo do calçado normal, para que fique bem justo ao pé e não dobre nas pequenas fendas.
 
Magnésio – é usado para evitar a humidade nas mãos e facilitar os movimentos durante a prática deste desporto.
 
Gri-Gri – é um aparelho criado para dar segurança ao praticante. O funcionamento deste equipamento é semelhante ao do cinto de segurança dos automóveis.
 
Cordas dinâmicas – são cordas elásticas. Este equipamento ajuda o praticante no caso de uma queda, evitando que o praticante sofra lesões na coluna.

Alguns equipamentos de Escalada

Fita de auto-segurança.
Oito.
Fitas de sangle.
Mosquetão.
Arnês.
 
Este equipamento de escalada é regido por normas mundiais pela União Internacional das Associações Alpinas.
 

PUBLICADO POR

Diogo Tavares às 16:40
|

COMENTAR

SLIDE

 

Descrição
Slide
O slide é um desporto que consiste em descer de um ponto elevado para um ponto mais baixo, na diagonal, através de um cabo de aço ou de uma corda
É um desporto que requer movimentos rápidos, que transmitem sensações fortes, e é praticado em espaços amplos, nos quais a liberdade total é uma constante.
Esta é uma modalidade utilizada para descer montanhas, prédios, árvores ou outros lugares que possibilitem a prática segura de slide.
A prática do Slide é muito comum por todo o país.
 
Materiais
A prática deste desporto implica o uso de vários materiais, tais como:
v     cabo de aço;
v     cordas;
v     arnês;
v     mosquetões;
v     fita de auto-segurança;
v     manilhas;
v     serra-cabos;
v     cintas;
v     capacetes;
v     roldanas;
v     fitas de sangle;
v     roupa prática e confortável.
 

PUBLICADO POR

Diogo Tavares às 16:33
|

COMENTAR

| Ver comentários (1)

BTT

 

Descrição 
   
            O BTT é uma actividade realizada através de uma bicicleta todo-o-terreno em trilhos, em plena natureza, fora dos meios urbanos.
            Esta actividade oferece aos seus praticantes o contacto directo com a natureza, e permite aos mesmos explorá-la, e percorrer percursos que seriam difíceis de caminhar e impossíveis de andar mesmo em veículos motorizados todo-o-terreno, como jipes.
            Durante a actividade de BTT, é por regra dar uma série de informações aos praticantes sobre o lugar onde está a ser praticado, como a história do local e as suas características naturais. Para praticar esse desporto, os melhores locais são zonas montanhosas, porque os passeios tornam-se mais apetecíveis e mais difíceis, daí que o percurso se torne numa grande aventura.
Antes da realização do BTT, a escolha do percurso é muito importante, ou seja, tem de se ter em conta o nível físico dos praticantes, as idades, a distância a percorrer, o grau de dificuldade e o tempo disponível para a actividade.
Através da prática desta actividade, o praticante pode proporcionar uma alternativa desportiva, turística ou tradicional. Este desporto liga a componente física e a aventura, aliando a adrenalina, à observação de características específicas da fauna e flora.
O BTT está a ser cada vez mais praticado em todo o mundo, e o seu crescimento continua a impressionar.
 
 
 
 
 
 

PUBLICADO POR

Diogo Tavares às 16:28
|

COMENTAR

OBJECTIVOS DE DESPORTOS DE AVENTURA

 

·         perda de medos;
·         combate ao stress;
·         promover o desenvolvimento das relações interpessoais e fortalecer a integração social;
·         reduzir o risco de morte por doenças cardíacas;
·         dar oportunidade à comunidade de conhecer vários tipos de desportos e vários locais;
·         auxiliar no desenvolvimento das capacidades motoras e cognitivas dos intervenientes;
·         ajudar no crescimento e manutenção de ossos e músculos;
·         promover a conservação e preservação do meio ambiente;
·         desenvolver a autoconfiança e o trabalho em equipa;
·         promover a prática de diversos desportos de aventura privilegiando a segurança;
·         ajudar a prevenir e controlar comportamentos de risco (tabagismo, alcoolismo);
·         combater as doenças do século, obesidade, diabetes, hipertensão, entre outros;
·         promover hábitos de vida saudável.
 

PUBLICADO POR

Diogo Tavares às 16:16
|

COMENTAR

DESPORTOS DE AVENTURA

 

 

Definição de Desportos de Aventura
A definição de desportos de aventura surgiu no final dos anos oitenta, princípios dos anos noventa quando foi usado para designar desportos de adultos.
Desportos de aventura ou desportos radicais são termos usados para definir desportos de risco, ou seja, desportos de dificuldade que proporcionam aos praticantes uma enorme adrenalina, sendo, igualmente, desportos que ajudam a combater o stress do dia-a-dia. Estes desportos são desenvolvidos ao ar livre (ar, terra, água e neve), proporcionando o contacto com a natureza.
Durante a prática dos desportos de aventura, as pessoas envolvidas devem respeitar a segurança de cada um bem como o meio onde praticam estes desportos. Além disso, estes desportos exigem o uso de equipamentos especializados, de regras, de instrução e treino prévio e exigem respeito pelo meio ambiente.
 
 
 
 
 

PUBLICADO POR

Diogo Tavares às 15:57
|

COMENTAR

• Junho 2009

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9
10
11
12
13

14
15
16
17
18
19
20

21
22
23
27

28
29
30


RECENTES

PAINTBALL

PASSEIOS PEDESTRES

RAPEL

MOTO 4

CANYONING

ESCALADA

SLIDE

BTT

OBJECTIVOS DE DESPORTOS D...

DESPORTOS DE AVENTURA

ARQUIVOS

Junho 2009

Últimos Comentários

O paintball é um jogo interessante, o me jogo perf...
esta muito fixe o teu blog
Olá a todos estava de passagem por este blog, e d...

• Pesquisar neste blog

 

• Subscrever feeds